Uma imagem chamou a atenção no início do mês em reportagens na TV Globo sobre a inauguração do MG4 (Módulo de Gravação 4), os novos estúdios da emissora, no Rio de Janeiro. Elas mostraram a inauguração dos atuais Estúdios Globo, mais conhecidos como Projac, sigla de Projeto Jacarepaguá —na ocasião, o jornalista Roberto Marinho, fundador do grupo, batia a primeira claquete no lugar….

Ao fundo, em destaque, aparece Ricardo Macchi, no ar naquele ano de 1995 como o Igor, o cigano misterioso de Explode Coração, personagem que marcou sua carreira. O próprio ator, hoje com 49 anos, brincou com a situação em seu perfil no Instagram, com uma montagem das imagens.

“Vamos viver! Produzir para trabalhar e trabalhar para produzir. Gratidão por tudo isso”, postou Macchi na legenda da montagem…

Depois da novela de Gloria Perez, Macchi fez o jardineiro Genésio em Por Amor, no ar atualmente no Vale a Pena Ver de Novo, onde surgia frequentemente de macacão, sem camisa por baixo e com os músculos à mostra.

Depois da trama de Manoel Carlos, o ator gaúcho que começou a carreira artística como modelo, fez a temporada de 1998 de Malhação e uma participação em Sai de Baixo em 2000 —a última na Globo até 2014, quando voltou a fazer participações em programas humorísticos.

No entanto, o ator nunca mais deu as caras em novelas da emissora. No período fora da Globo, participou da segunda edição da Casa dos Artistas, no SBT, e de três novelas na Record….

Nunca procurei a TV ou fui convidado para fazer teste, contratos de longo prazo. Na Globo e na Record. Nunca vou a um estúdio ou a uma reunião com alguém sem ser convidado. Nunca pedi trabalho na TV para ninguém, não sou de patotinhas e de qualquer tipo de tráfico de influência”, disse o ator ao UOL.

“Estou fazendo teatro, como sempre fiz e faço. Nos últimos anos, eu trabalho sem parar com teatro. Foram dez novelas e dez peças de teatro, três longas como ator e 34 documentários.

Atualmente estou em cartaz com a peça Que Mundo É Este? e faço palestras e publicidade”, contou Macchi, sem dar detalhes sobre seus trabalhos e dizer onde está em cartaz com a peça que mencionou.

A reportagem também não encontrou informações sobre o espetáculo e sobre as palestras. Macchi ficou estigmatizado pela atuação como o cigano Igor. Com frases curtas e poucas falas, o personagem foi criticado pela mídia especializada e programas humorísticos da época tiravam sarro do ator por conta da interpretação.

O ator se defende e diz que na época em que foi escalado para ser um dos protagonistas ainda era inexperiente. “Me colocaram ali e já sabiam que seria sucesso, com Ibope alto, somente eu não sabia [risos]. Foi um sucesso. Mesmo sem proteção, amigos, assessoria de imprensa, agente influente ou qualquer um ajudando.

Sou grato à Rede Globo por tudo isso e tive emocional de superar ter sido pego para Cristo sem sequer comentarem que era um estreante sem coach e sem diretor de ator.” Sobrevivi e durmo sem bebidas, sem remédio ou droga alguma. Fiz sucesso e desempenhei meu papel superando toda maldade, má vontade e preconceito….

Na época em que fez o cigano, Macchi relembra que participou do Domingão do Faustão no quadro Esta é Sua Vida, o que se transformou no atual Arquivo Confidencial —quadro em que só as grandes estrelas participam atualmente— foi tema de matéria do Fantástico e recebeu Gloria Maria em sua casa.

“Fiz os melhores produtos da TV Globo. Fiz 57 capas das principais revistas que eram o principal medidor do sucesso de mídia da década 90. Igor é disparado o nome de personagem masculino que mais teve registro em sua homenagem, segundo dados do IBGE. Estreei na TV aos 24 anos sem ser da patotinha e minha primeira novela deu 66 pontos. Fiz trabalhos em Portugal, Japão, Argentina e Uruguai graças ao sucesso do Igor.” O ator mora atualmente entre Punta Del Leste, no Uruguai, e Gramado, no Rio Grande do Sul. “Trabalho bastante em São Paulo e quero esta vida de ator de teatro, TV e cinema. Assim vivo feliz com minha dignidade e honra, que tenhamos trabalho honesto e honrado sempre.”…

UOL.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here