Nessa semana, Glenn Close lamentou por Fernanda Montenegro não ter ganho o Oscar de Melhor Atriz em 1999. Em resposta à atriz norte-americana, Fernanda discordou e disse que a australiana Cate Blanchett é quem deveria ter levado a estatueta. “É uma avaliação dela [da Close].

Eu, por exemplo, teria dado o prêmio para Blanchett, porque naquele ano ela fez dois papéis extraordinários em Elizabeth. Não foi um filme, foram dois filmes, e ela fez de uma forma maravilhosa”, disse Fernanda durante o “Conversa com Bial” desta madrugada de sábado (28).

Em entrevista à ABC News, Close teceu as seguintes palavras sobre a atriz brasileira: “Honestamente, eu nunca entendi como é possível comparar atuações. Eu me lembro do ano em que Gwyneth Paltrow ganhou da atriz incrível de ‘Central do Brasil’. Eu pensei: ‘O quê? Não faz sentido'”.

Naquele ano, além de Fernanda, que foi indicada por sua atuação em “Central do Brasil”, de Walter Salles, concorreram na categoria de Melhor Atriz Cate Blanchett com “Elizabeth”, Meryl Streep com “Um Amor Verdadeiro”, Emily Watson com “Hilary e Jackie”, e Gwyneth Paltrow, que levou o Oscar com “Shakespare Apaixonado”.

Ao apresentador Pedro Bial, Fernanda esclareceu o porquê não se achou digna de levar o Oscar para casa: “Não é que o meu trabalho não seja respeitado. Não é isso. Mas eu teria votado na Blanchett”.

A brasileira completou: “Eu agradeço a Close por ter falado de mim. Isso [a premiação] já tem 21 anos, não é brincadeira, não. Então, uma colega da dimensão dela lembrar do meu trabalho eu considero um prêmio”.

Após a repercussão dos dizeres de Close, Fernanda retribuiu o carinho respostando o vídeo da entrevista em seu Instagram e agradecendo com um “Obrigada” na legenda.

Colaboração para o UOL

Imagem: Reprodução/vídeo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here