Alagoas registrou mais 63 casos confirmados e cinco óbitos por Covid-19, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (15), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Ao todo, o estado tem 237.350 pessoas infectadas e 6.151 mortes desde o início da pandemia.

Do total de casos ativos, 450 pacientes estão em isolamento domiciliar. Outros 230.503 já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e foram considerados como recuperados da doença. Ainda há 4.995 casos em investigação.

Em relação ao quadro total de óbitos, oito deles eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 6.143 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.395 eram do sexo masculino e 2.748 do sexo feminino. Eram 2.678 pessoas que residiam em Maceió e as outras 3.465 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs).

Das cinco mortes confirmadas em 24 horas, quatro vítimas eram da capital alagoana e uma do interior. As vítimas de Maceió eram dois homens de 57 e 70 anos, além de duas mulheres de 75 e 79 anos. O homem de 57 anos doença cardiovascular crônica, diabetes e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; o homem de 70 anos era hipertenso, diabético e morreu no Hospital do Coração de Alagoas, em Maceió; a mulher de 75 anos era diabética e morreu em seu domicílio; e a mulher de 79 anos tinha hipertensão, doença de Parkinson, depressão e morreu na Santa Casa, em Maceió.

A vítima que residia no interior era uma mulher de 44 anos, que residia em Canapi, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Arapiraca.

Dos 538 leitos criados para atender pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 104 estavam ocupados até as 16 horas desta quarta-feira (15), o que corresponde a 19% do total. Atualmente, 57 pacientes estão em leitos de UTI, três ocupando leitos Intermediários e 48 m leitos de Enfermaria.

*com informações da assessoria.

Rayssa Cavalcante*/GAZETAWEB
DIVULGAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here