Policiais civis lotados na Delegacia Regional de Penedo, sob o comando do delegado Gustavo Xavier, prenderam, nessa segunda (18), o advogado João Luiz Leite, acusado de vender ilegalmente casas de conjuntos habitacionais construídos na cidade ribeirinha, pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal.

De acordo com as informações repassadas, João Leite vinha sendo investigado já há alguns anos, em inquérito policial. A prisão do acusado aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo juiz Luciano Américo Galvão Filho, que, à época, era o titular da 4ª Vara Criminal de Penedo.

Segundo as investigações, João Leite identificava casas que haviam sido doadas pela Prefeitura Municipal, mas que permaneciam fechadas, procurava possíveis vítimas, negociava o valor e vendia o imóvel, sem que, ao menos, os verdadeiros mutuários soubessem do fato.

Ainda de acordo com a Polícia Civil (PC), o número de pessoas que foram lesadas por João Leite é de quase 50 vítimas. Como o acusado é advogado, ele foi encaminhado para uma sala de estado maior, em um presídio da capital alagoana, onde responder pelo crime de estelionato.

GAZETAWEB.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here