O presidente Jair Bolsonaro embarcou no fim da noite desta terça-feira (14) para Dallas (Texas), nos Estados Unidos, onde receberá uma homenagem da Câmara de Comércio Brasil-EUA.

A viagem a Dallas substitui a que seria feita a Nova York, também nos Estados Unidos, onde o presidente receberia a homenagem de personalidade do ano.

Bolsonaro mudou a viagem após o local escolhido em Nova York desistir de receber o evento e empresas também desistirem de patrocinar a homenagem.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, chegou a pedir a um dos locais escolhidos para sediar o evento que não recebesse o presidente por considerá-lo um “ser humano perigoso”. Ao comentar o episódio, Bolsonaro afirmou que Blasio se comporta como um “radical”.

Segunda viagem aos Estados Unidos

Esta é a segunda viagem de Bolsonaro aos Estados Unidos desde a posse, em janeiro. A primeira visita foi em março, a Washington, onde Bolsonaro foi recebido na Casa Branca pelo presidente Donald Trump.

De acordo com o Planalto, integram a comitiva presidencial os deputados Hélio Lopes (PSL-RJ) e Marco Feliciano (Pode-SP), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, os governadores de São Paulo, João Doria, e do Acre, Gladson Cameli, e cinco ministros:

Paulo Guedes (Economia);

Ernesto Araújo (Relações Exteriores);

Bento Albuquerque (Minas e Energia);

Santos Cruz (Secretária de Governo);

Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

Agenda em Dallas

A programação de Bolsonaro em Dallas prevê compromissos na quarta (15) e na quinta-feira (16), com chegada a Brasília na sexta-feira (17).

O vice-presidente Hamilton Mourão assumirá a Presidência até a tarde de quinta, quando viajará para o exterior. Mourão embarcará para uma viagem ao Líbano, à China e à Itália.

De acordo com o Planalto, o principal compromisso de Bolsonaro nesta quarta-feira será uma reunião com o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush.

Filho do também ex-presidente George H. W. Bush (1989-1993), o político governou o país entre 2001 e 2009. A gestão foi marcada pelo atentado às Torres Gêmeas, em 11 de setembro de 2001, e pela ação militar no Afeganistão.

Já a entrega do prêmio de personalidade do ano está prevista para quinta em um almoço oferecido por um conselho local.

GAZETAWEB.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here