Na segunda fase da Operação Navalha, as investigações da Polícia Civil apontaram que o grupo formado por policiais civis tiveram um enriquecimento ilícito e construíram patrimônio com as extorsões contra comerciantes do Mercado da Produção. A segunda fase foi deflagrada nesta segunda-feira (11) e resultou na prisão do Policial Militar Carlos Alberto Tenório Cavalcante Filho e da Policial Civil Laryssa Manuela Magalhães da Silva, além de mais dois indivíduos, não policiais.

De acordo com a DEIC, o grupo foi flagrado no Mercado da Produção, portando armas e distintivos, trajando uniformes da Polícia Civil de Alagoas e de posse de veículo travestido de viatura, praticando o crime de concussão, isto é, exigindo vantagens indevidas de comerciantes do local.

“O aprofundamento da investigação demonstrou, todavia, que o grupo formou verdadeira organização criminosa para, com a utilização do aparato da instituição, permitir-lhes o enriquecimento ilícito às custas de extorsões promovidas contra cidadãos alagoanos”, informou a Deic.

Foram cumpridos na tarde de segunda-feira mandados de prisão preventiva em desfavor de Gabriel Yuri Gomes dos Santos Rocha, Samarone Mendes Gonçalves, Austerlígenes da Silva Souto, Max Antônio de Andrade (dois mandados) e mais uma ordem de prisão contra Laryssa Manuela Magalhães da Silva, já presa desde 30/07/2019.

A somar, também foi decretada a prisão preventiva de Juarez José da Silva, que se passava por policial nas ações criminosas do grupo e está foragido.

Max Antônio de Andrade ainda teve uma segunda prisão decretada após ter sido demonstrada na investigação a sua participação na ação ilícita que culminou na deflagração da primeira fase da operação. Mesmo estando no Rio de Janeiro, o policial era mantido informado de toda a evolução das ações do grupo em Alagoas, bem como foi gratificado com parcela do produto do delito.

Além das prisões, também foi decretado o afastamento cautelar dos agentes públicos de seus cargos na Polícia Civil bem como a suspensão de suas autorizações para portar arma de fogo.

CADA MINUTO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here