O crime aconteceu na noite do domingo, 24, por volta das 20 horas, na zona rural de Paripueira, e vitimou um homem identificado como José Claudio Gomes da Silva, de 28 anos. Ele foi assassinado com 3 tiros, que atingiram as costas, o tórax e a perna, quando se encontrava dentro de uma residência num dos assentamentos do município.

Segundo testemunhas, ele foi atingido pelos disparos na sala da casa, efetuado por dois indivíduos, ainda não identificados. José também apresentava uma lesão causada por uma arma branca no pescoço. A esposa do homem também estava na casa no momento, mas não sofreu nenhum ferimento. Ela disse aos policiais não ter reconhecido à dupla.

Ainda na noite do domingo, equipes da Força Tarefa fizeram buscas na região e através de uma denúncia anônima, chegaram ate dois suspeitos. Os homens chegaram a ser encaminhados para a Central de Flagrantes, mas como a arma do crime não foi encontrada, eles foram liberados.

PORTO CALVO

Já em Porto Calvo, ainda na noite de domingo, por volta das 19 horas, na rodovia AL 460, nas proximidades da Fazenda Quitanda, na zona rural do município, um moto taxista morreu ao bater de frente com sua motocicleta em um cavalo, que atravessava a rodovia. O homem, identificado como José Antônio Sobral, o “Molinho”, seguia no sentido Porto Calvo/Porto de Pedras quando um cavalo atravessou a pista. A pouca visibilidade e a pista molhada devido as fortes chuvas que caíram durante todo o dia na região, fizeram com que o moto taxista não tivesse tempo de desviar do animal. Ele colidiu de frente e acabou morrendo logo após o acidente. O animal sofreu uma grave lesão na perna.

O corpo do morador do conjunto Oscar de Souza Cunha foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, em Maceió. José Antônio Sobral era uma pessoa muito conhecida em Porto Calvo. O Batalhão da Polícia Rodoviária foi acionado para a ocorrência.

Fonte: TRIBUNA HOJE / Claudio Bulgarelli – Sucursal Região Norte

↑ Imagem ilustrativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here