k

Reza a lenda que o então governador Renan Filho recebeu, certa vez, um grupo de médicos na sede do governo de Alagoas.

Mal os profissionais começaram a tratar sobre o tema específico de saúde – que motivou o pedido da audiência, foram interrompidos.

Renan Filho, contam, começou, a falar como se o especialista fosse. E assim continuou por um bom tempo diante do silêncio dos médicos.

Como gestor e líder político também é um pouco assim. Tem palpite pra tudo, opina sobre tudo, o que parece significar que não é um bom ouvinte, não tem grande paciencia para escutar.

(Ressalto, no entanto, que esse ‘defeito’ não o impediu de realizar um excelente governo, tanto que lidera com folga pesquisas para o Senado).

O seu substituto e aliado é exatamente o contrário. Segundo alguns deputados com quem conversei, Paulo Dantas é paciente, escuta o tempo que for necessário, e só opina se for solicitado.

Nesta terça-feira (17), na inauguração da Clínica da Família Dr. João Fireman, no Jacintinho, em Maceió, testemunhas contaram que, ao descer do carro, antes de chegar ao local do evento, conversou com populares que o chamaram.

Também, convidado, parou em várias casas pra conversar. Escutou bastante.

A inauguração, é claro, não começou no horário previsto.

CADA MINUTO \ Voney Malta

Foto: Maria Luiza/ CM