O Instituto Médico Legal de Arapiraca começou a identificar os 11 mortos em uma ação policial na cidade de Santana do Ipanema, Sertão de Alagoas, na tarde dessa quinta-feira (09).

Eles foram apontados pelo delegado Fábio Costa, chefe da operação, como envolvidos em assaltos a bancos em estados do Nordeste, e segundo a investigação, estavam na casa onde foram localizados para fazer a divisão dos lucros do último roubo, cometido na agência do Bradesco de Águas Belas, em Pernambuco.

Já foram identificados: Francisco das Chagas Vieira de Barros, 32 anos, natural de Água Branca, Piauí; Adjane da Silva, 30 anos, natural de Santana do Ipanema (AL); Carlos Alberto de Lima, aproximadamente 30 anos, natural de Arapiraca (AL); Manuel Bezerra de Almeida, idade não informada, natural de Paulo Afonso (BA).

Em entrevista à Rádio Pajuçara FM Arapiraca, o irmão de Adjane, que não quis se identificar, disse que recebeu a notícia da morte ontem ainda pela tarde. “Não tinha certeza. Recebi a notícia de que tinha polícia atirando lá em um sítio. Mais tarde, na internet, achei a foto do meu irmão”, relatou. Ele disse ainda que Adjane tinha duas passagens pela polícia, uma por tráfico de drogas e outra por porte de arma.

TNH1.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here