Após Rui Palmeira reafirmar que a prefeitura de Maceió desconhece qualquer relatório oficial relacionando o problema apresentado no bairro do Pinheiro com as atividades de mineração da Braskem, conforme declarou o presidente Jair Bolsonaro, durante entrevista a uma rádio mineira, nesta sexta-feira (25), a empresa emitiu nota garantindo que não há nenhum laudo conclusivo sobre o caso.

No texto, a Brankem afirma que nenhum relatório feito até o momento mostra qualquer relação entre as atividades de mineração do sal-gema e as rachaduras em prédios e ruas na região do Pinheiro. A empresa também ressaltou visa o esclarecimento da causa do problema.

Leia a nota da Braskem, na íntegra, abaixo:

No tocante às recentes notícias veiculadas nesta sexta-feira (25/01), a Braskem reitera que nenhum estudo feito até o momento mostrou qualquer relação entre as atividades de mineração de sal e as rachaduras nas edificações  do bairro do Pinheiro.  A empresa vem apoiando e atuando em conjunto com o Ministério Público Federal e Estadual, Agência Nacional de Mineração, Serviço Geológico do Brasil, Defesa Civil Federal, Estadual e Municipal visando esclarecimentos das causas dos acontecimentos que têm impactado o bairro do Pinheiro.

A Braskem reafirma seu compromisso com a saúde, segurança das pessoas e das comunidades e com uma atuação empresarial responsável.”

 

CADA MINUTO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here