Temperaturas mais baixas costumam ligar o sinal de alerta para os pais. Afinal, é preciso mudar hábitos para evitar que os filhos fiquem doentes. Frequentar lugares fechados e com aglomeração de pessoas, por exemplo, é perigoso, já que esses locais se transformam no cenário perfeito para a proliferação de alguns vírus.

O primeiro passo nesta batalha é a vacinação contra a gripe, blindando assim o seu filho contra os casos mais graves da doença. Entretanto, outros cuidados são necessários, principalmente ao lidar com recém-nascido.

As mãos, por exemplo, podem transferir facilmente vírus e bactérias. Por isso, precisam estar sempre limpas. A higienização deve ser feita com água e sabão. Caso não seja possível, o álcool em gel é uma alternativa. O nariz da criança também exige atenção. Quando limpo, previne infecções respiratórias e crises alérgicas.

Banho

O banho exige alguns cuidados neste período. O primeiro passo é separar antes do início toalha, produtos de higiene, roupas e fraldas. Para evitar correntes de ar, mantenha a porta do banheiro fechada. Uma dica importante: compre um termômetro para medir a temperatura da água, que não deve estar muito fria nem muito quente.

Roupas

Os bebês precisam ficar confortáveis e aquecidos. Por isso, devem ser vestidos por camadas: bodies, macacão de plush e casacos na sequência. Esse método facilita a retirada de uma das camadas caso a temperatura esquente.

Hora de dormir

Para garantir uma boa-noite de sono, prepare o quarto da criança com antecedência. A temperatura ideal é entre 23?C e 26?C. Apesar disso, o aquecedor deve ser evitado, já que diminui a umidade relativa do ar.

Estadão
FOTO GOOGLE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here