Depois de enfrentar e vencer o Coritiba, fora de casa, na rodada passada, o CRB tem pela frente o segundo jogo seguido longe da sua torcida. E será nesta terça-feira (24), quando o Galo vai encarar o Vila Nova, às 20h30, no Estádio Serra Dourada, em Goiás, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

As duas equipes já se enfrentaram 19 vezes, em partidas disputadas de 13 de agosto de 1997 até o momento. Ao todo, foram dez vitórias do Vila (52,6%), cinco do Galo (26,3%) e houve quatro empates (21,1%). Em caso de vitória nesta terça, o Regatas poderá alcançar a terceira posição na tabela. Atualmente é o quarto colocado.

A última vitória do Galo sobre o time de Goiás se deu em 31 de maio de 2016, pela Série B, no Serra Dourada, e o placar foi de 2 a 1. Os gols do CRB foram de Adalberto e Rodolfo. De lá para cá, só deu Vila Nova: foram quatro vitórias em 2016 e 2017 (2×1, 2×1, 3×0 e 1×0) e dois empates, um em 2018 (0x0) e outro este ano, pelo jogo de ida da Segundona nacional, quando o placar ficou no 1 a 1, no dia 24 de maio, no Rei Pelé.

Diante desse retrospecto desfavorável para o CRB, em relação aos confrontos entre ambos, a equipe do técnico Marcelo Chamusca está empenhada em quebrar esse tabu e, quem sabe, nesta terça-feira, faturar uma vitória lá em Goiânia. Tem em seu favor o fato de que é o melhor time visitante nesta Série B. Na última rodada, o Galo bateu o Coritiba, no Couto Pereira, por 2×0, e, agora, já são sete vitórias obtidas na casa do adversário. Portanto, o status de melhor visitante é mais do que motivador para o elenco.

O CRB ocupa atualmente a 4ª posição da tabela de classificação, com 36 pontos. Para chegar à 3ª colocação, precisará bater o Vila, nesta terça, e torcer para que o Londrina pregue uma peça no Sport, em jogo no Estádio do Café, no Paraná.

O Galo

Para esta partida, o técnico Marcelo Chamusca terá o retorno do volante Lucas Abreu, que cumpriu suspensão. Por outro lado, o zagueiro Ewerton Páscoa não poderá atuar por causa da expulsão sofrida no jogo contra o Coritiba. Já o lateral esquerdo Igor Cariús, que sofreu uma pancada na cabeça, será reavaliado até momentos antes de o jogo começar, para saber se terá condições de atuar.

Assim, o Galo deverá ir a campo contra o Vila Nova com a seguinte formação: Vinícius; Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Bryan (Igor Cariús); Claudinei, Lucas Abreu, Lucas Siqueira e Felipe Ferreira; Alisson Farias e Léo Ceará.

O Tigre

Enquanto o CRB é o melhor visitante, o Vila Nova é o pior mandante nesta Segundona, onde vive uma situação delicada: vem de uma derrota para o Botafogo-SP, na última terça-feira (18), por 2 a 0, no Serra Dourada.

O time goiano é comandando pelo técnico Marcelo Cabo (ex-CSA), treinador que conhece bem o Regatas e que também é bastante conhecido pelo adversário desta noite. Outro que conhece o Galo é o atacante Mailson, que já vestiu a camisa do time alagoano e se transferiu em julho para a equipe de Goiás.

Com apenas uma vitória em 11 jogos em casa, obtida no Olímpico, na 8ª rodada, contra o São Bento, o Tigre tem mais cinco empates e cinco derrotas – apenas oito pontos conquistados. Além disso, a equipe encontra-se na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª posição, com 24 pontos.

O treinamento dessa segunda-feira (23) foi fechado. Mas o que se sabe é que Marcelo Cabo deverá promover mudanças em sua equipe. Diego Jussani poderá perder a vaga para Patrick Marcelino. É que o jogador que também já passou pelo CRB vem recebendo críticas e deverá ser sacado do time titular.

Já no meio, Ramon será o substituto de Tinga. E uma terceira alteração que poderá acontecer é com Mailson (ex-CRB) entrando no lugar de Romário, com Gastón Filgueira, que vinha jogando de volante, volta para a sua posição de origem.

Deste modo, um provável time do Vila Nova tem: Rafael Santos; Jeferson, Wesley Matos, Patrick Marcelino (Diego Jussani) e Gastón Filgueira; Edinho, Ramon e Alan Mineiro; Mailson, Gustavo Henrique e Robinho.

Arbitragem

O trio de árbitros para esta partida é de São Paulo. Edina Alves Batista (Fifa-SP) será a dona do apito. Ela terá como assistentes Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Herman Brumel Vani (CBF-SP). Já o quarto árbitro será Bruno Rezende Silva (CBF-GO).

GAZETAWEB.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here