Um comerciante foi preso com vários maços de cigarros contrabandeados do Paraguai, na noite dessa terça-feira (15), no município de Rio Largo, na Região Metropolitana de Maceió. O material estava sendo comercializado no estabelecimento de propriedade do suspeito. A ação que resultou na prisão dele foi comandada por policiais federais com suporte de militares do 8º Batalhão.

A polícia informou que recebeu uma denúncia de que este homem (de nome não revelado) escondia uma arma de fogo e comercializava cigarros que foram trazidos ao Brasil sem nota fiscal. A arma, no entanto, não foi encontrada.

No local denunciado, foram apreendidos os maços de cigarro e R$ 2 mil em dinheiro. O comerciante confirmou que o material oferecido aos clientes era mesmo contrabandeado. Por este motivo, ele recebeu voz de prisão.

O dono do estabelecimento foi autuado em flagrante delito, nos termos do artigo 334-A, contido no Código de Processo Penal (CPP), e, se condenado, pode cumprir pena de até cinco anos de reclusão.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Federal (PF) em Alagoas, o comerciante e o dinheiro e o cigarro apreendidos foram encaminhados para a Superintendência Regional da PF, no bairro de Jaraguá, em Maceió. O produto será analisado pela perícia técnica.

GAZETAWEB.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here