No segundo jogo seguido no Sul do país, o CSA foi derrotado por 2 a 1 para o Grêmio, na noite desta quinta-feira (7), na Arena do Grêmio em Porto Alegre, no jogo válido pela 31ª rodada da Série A do Brasileirão. Diego Tardelli abriu o placar aos 7′ do primeiro tempo, Rafinha igualou, de falta, aos 44′ da etapa final, mas o Grêmio fez o segundo com gol contra de Ronaldo Alves aos 47′. O TNH1 e a Rádio Pajuçara FM Maceió – 103,7 acompanharam a partida.

Para piorar a situação do CSA, Fluminense e Ceará venceram, complicando a vida do Azulão na tabela. O time alagoano permaneceu com 29 pontos, na 18ª posição, mas viu a distância para o Cruzeiro, primeiro time fora do Z-4, aumentar para cinco pontos. Do outro lado, o Tricolor chegou aos 53 pontos e assumiu a quarta colocação. Veja a classificação no fim da matéria.

Próxima rodada

O Grêmio enfrenta a Chapecoense no domingo (10), às 19h, na Arena Condá, em Chapecó. Já o CSA recebe o Vasco também no domingo (10), às 19h, no Rei Pelé, em Maceió.

Grêmio na frente

Fazendo valer o fator casa, o time de Renato Gaúcho saiu na frente logo aos 7′. Éverton disparou pela esquerda e tocou rasteiro para Diego Tardelli guardar. Após o gol, o Tricolor pisou no freio, enquanto o CSA recuou para o campo de defesa. Aos 22′, Didira perdeu a bola na saída de jogo, Alisson recebeu passe de Luciano, bateu no meio da meta, João Carlos espalmou e pegou em seguida.

Com muita dificuldade em acertar a troca de passes, o Azulão só chegou com perigo aos 31′. Foi na insistência de Euller, que tabelou com Didira, invadiu a área e finalizou cruzado, mas para fora.

Derrota amarga no Sul

A segunda etapa seguiu no ritmo sonolento em Porto Alegre. Maicon tentou surpreender João Carlos em conclusão de muito longe aos 7′, mas mandou para fora. Aos 12′, Euller bateu falta, Alan Costa escorou de cabeça, a zaga tricolor afastou mal e Jean Kléber pegou de primeira, só que Paulo Victor espalmou.

Depois desses dois lances, o CSA manteve-se totalmente recuado e praticamente não reagiu, enquanto o Grêmio também não se interessou em forçar o jogo. A partida foi esquentar nos minutos finais. Primeiro Jean Kléber desperdiçou outra chance na entrada da área, após Ricardo Bueno ajeitar na medida. Depois Rafinha cobrou falta colocada e empatou o placar na Arena aos 44′. Quando parecia que ia arrancar o empate no Rio Grande do Sul, o CSA voltou a vacilar. Everton partiu mais uma vez para cima de Celsinho, cruzou na área e Ronaldo Alves cabeceou contra o próprio gol aos 47′.

Ficha técnica

Grêmio

1- Paulo Victor
2- Léo Moura
3- Geromel
4- Kannemann
12- Cortez
8- Maicon (13- Rômulo, aos 33′ do 2º tempo)
14- Matheus Henrique
23- Alisson (25- Pepê, aos 22′ do 2º tempo)
11- Éverton
18- Luciano
9- Diego Tardelli (30- Patrick, aos 38′ do 2º tempo)

Técnico: Renato Gaúcho

Banco: 40- Phelipe, 42- Rafael Galhardo, 28- Paulo Miranda, 33- David Braz, 38- Rodrigues, 29- Juninho Capixaba, 13- Rômulo, 37- Darlan, 30- Patrick, 47- Ferreira, 25- Pepê e 90- André Felipe.

CSA

1- João Carlos
22- Celsinho
3- Alan Costa
17- Ronaldo Alves
16- Euller (9- Ricardo Bueno, aos 32′ do 2º tempo)
15- Jean Kléber
7- João Vitor
13- Warley
19- Didira (23- Bruno Alves, no intervalo)
18- Héctor Bustamante (26- Rafinha, aos 22′ do 2º tempo)
99- Alecsandro

Técnico: Argel Fucks

Banco: 31- Fabrício, 9- Ricardo Bueno, 10- Nilton, 14- Lucas Dias, 20- Apodi, 23- Bruno Alves, 26- Rafinha, 27- Gersinho e 29- Jonatan Gómez.

Gols

Grêmio: Diego Tardelli (7′ do 1º tempo).

CSA: Rafinha (44′ do 2º tempo).

Cartão amarelo

Grêmio: Kannemann Maicon.

CSA: Alan Costa, Bruno Alves.

Arbitragem

Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (CBF/PR);
Assistente 1: Bruno Boschilia (FIFA/PR);
Assistente 2: Rafael Trombeta (CBF/PR);
Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn (CBF/RS);
Analista de campo: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (CBF/RS).

VAR

Árbitro de vídeo: Paulo Roberto Alves Junior (CBF/PR);
Assistente de VAR 1: Lucas Paulo Torezin (CBF/PR);
Assistente de VAR 2: Ivan Carlos Bohn (CBF/PR);
Observador de VAR: Silvia Regina de Oliveira (CBF/SP).

Redação TNH1
O fotográfico/Folhapress

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here