Durante a primeira semana de junho, o Procon Maceió realizou uma pesquisa de preço dos produtos mais consumidos durante o período junino. Foram avaliados os valores de alimentos típicos, acessórios e fogos de artifício.

Segundo o diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, a pesquisa tem como finalidade identificar as variações de preços dos produtos e alertar sobre a importância do consumidor fazer pesquisas. “Antes de qualquer compra é recomendado que o consumidor compare os preços dos produtos e, assim, garanta a economia”, afirmou.

A pesquisa aponta uma redução de aproximadamente 30% no preço de alguns alimentos típicos em relação ao ano passado, a exemplo do amendoim que custava R$12,11 e agora custa R$8,67. O Procon indica que na feira da Praça da Faculdade o milho tem a tradicional mão custando entre R$20 e R$30.

Durante a pesquisa, foi encontrada também diminuição no preço de acessórios, como o chapéu de palha, que custava R$10,07 em 2018 e em 2019 está custando R$9,38 (6% mais barato). Além disso, a pesquisa também traz o preço dos fogos de São João e a indicação da faixa etária para consumo, divididas em classe A – infantil, B – juvenil e C – adulto.

O Procon Maceió alerta ainda que os consumidores sempre verifiquem o prazo de validade dos alimentos e para troca dos produtos, além de exigir a nota fiscal no ato da compra. Para denúncias ou para solicitar mais informações, os telefones disponíveis do Procon Maceió são 98882-8326 (WhatsApp) ou 0800 082 4567.

Confira a pesquisa completa aqui.

CADA MINUTO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here