A corrida para a Prefeitura de Maceió agita os bastidores políticos da capital. Agora é o PT que confirma ter dois nomes para a disputa interna por meio de prévias do partido. A novidade é o nome da economista e professora Dra. Luciana Caetano da Ufal que deve disputar o voto dos “companheiros” com o presidente do Diretório Estadual, o ex-vereador por Maceió e advogado Ricardo Barbosa.

Ricardo integra a tendência Construindo um Novo Brasil (CNB) que tem maioria dentro do partido, por ser a mesma do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em setembro, do ano passado, ele demonstrou força quando obteve 70% dos votos na eleição direta do PT. Destacado militante, Barbosa tem quase 30 anos de atuação na esquerda, tendo passado pelo PC do B, da fundação do PSTU e o PSol.

A professora Luciana Caetano tem atuação acadêmica, filiou-se ao PT em 2017 e informou que não integra nenhuma tendência petista. Ainda assim conta com o apoio da Democracia Socialista, Articulação de Esquerda e O Trabalho.

Na última Bienal do Livro lançou o livro “O elo entre desigualdade regional e desigualdade social”. Assim como Barbosa participou ativamente da Campanha Lula Livre. Esta é a primeira vez que ela encara o desafio de partir para uma disputa eleitoral.

“Nossa candidatura é uma forma de forçar o debate interno do partido principalmente ao que diz respeito a política de alianças e a disputa para 2020. Essa candidatura tem o apoio de três tendências, mas não prescindimos do apoio de nenhuma outra até mesmo da CNB que é maioria no partido. Sou filiada desde maio de 2017. Nosso nome surge com proposta de agregar e mantermos mais de um nome para disputa. O diferencial é a construção coletiva e a construção do debate democrático. Queremos debater a cidade e construirmos um programa para Maceió”, justificou Luciana.

Alternativa

Os dois passaram a ser a alternativa encontrada pelo PT depois que o deputado federal Paulo Fernando dos Santos, o Paulão, desistiu da “missão”. Ele já havia disputado o mesmo cargo nos pleitos de 2000 e 2016. Agora vai atuar mobilizando e apoiando candidaturas petistas pelo interior.

No próximo dia 21 de janeiro o presidente do Diretório Municipal, Marcelo Nascimento, com a Comissão Executiva Municipal definirão quem irá compor o Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE). A partir daí serão organizadas atividades para a formação de candidaturas, inscrições e debates como o Ciclo de Debates sobre Maceió que vai subsidiar o programa petista para administrar a capital.

“Mesmo que as prévias transmitam para a sociedade a ideia de racha, o PT tem uma tradição democrática de debate e decisões discutidas e votadas pela maioria dos seus filiados e filiadas. A tentativa de se chegar a um candidato consensual para a disputa eleitoral maceioense, passará por uma série de reuniões entre as tendências internas e as pre-candidaturas à prévia Municipal”, detalhou Nascimento.

GAZETAWEB.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here