Um mototaxista foi assassinado a tiros, na manhã desta quarta-feira (16), no bairro do Jacintinho, em Maceió. O crime aconteceu numa rua por trás da tradicional feirinha da localidade.

Militares do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) informaram que Jonathan Lima da Silva, de 35 anos, estava em um ponto de mototáxi, quando foi surpreendido pelos disparos de arma de fogo. Ele foi atingido na cabeça e morreu antes mesmo de qualquer tentativa de socorro.

Testemunhas informaram aos militares que dois desconhecidos em uma motocicleta se aproximaram e dispararam os tiros em direção à vítima. Em seguida, fugiram. Até agora, o suspeitos não foram identificados. Jonathan estava prestes a levar uma passageira, quando foi surpreendido.

O pintor Reinaldo Lima, pai do mototaxista, informou que o filho trabalhava como mototaxista e segurança particular, sem qualquer envolvimento com ilícitos que a família tivesse conhecimento.

Ele garantiu que a vítima tinha perfil pacato, não possuía desavenças, nem inimigos declarados, causando surpresa em todos este assassinato. “Só espero que o crime não fique impune”, afirmou o pai. Jonathan morava nas proximidades do ponto de mototáxi e tinha um filho de 8 anos.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo do mototaxista vai ser recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Maceió após a perícia pelo Instituto de Criminalística (IC).

GAZETAWEB.COM \ Por Thiago Gomes e Pâmela de Oliveira

FOTO: Cortesia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here