Após matéria do TNH1 sobre o desaparecimento do cabo da PM Christopher Cordeiro Lima, de 37 anos, lotado no Batalhão de Policiamento Escolar (BPEsc), o próprio militar entrou em contato com a família por meio de ligação telefônica. Ele falou que estava bem e que volta para casa amanhã. A informação é de uma irmã de Chistopher. O TNH1 tentou entrar em contato com os pais do militar para saber mais informações, mas a ligações não foram atendidas.

O cabo Christopher estava desaparecido há quase uma semana e estava sendo procurado pela família e por militares do BPEesc. De acoordo com a major Danielle Assunção, comandante do batalhão, Christhopher tem problemas de depressão e merece atenção especial. “Ele é extremamente inteligente, habilidoso, mas que tinha esse problema (depressão) há algum tempo. Não é agressivo, não é arbitrário, não é indisciplinado, é, inclusive, um excelente militar. Mas temos esse olhar de ficar mais atentos”, disse a comandante em entrevista ao TNH1.

Redação TNH1
FOTO: DIVULGAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here